Festa do Branco com Pixote

Festa do Branco com Pixote

  Quarta, 23 de Dezembro de 2020 - Abertura: 17:00

Bar do Presidente
Rua Maria Otília, 260 - Tatuapé - São Paulo - SP

Classificação: 18 Anos

Organizador: Bar do Presidente Eireli (CNPJ: 32.234.236/0001-89)



  Selecione abaixo os setores

Feminino
a partir de R$ 40,00 + Taxas
Pague em até 12x
Qtd
Masculino
a partir de R$ 60,00 + Taxas
Pague em até 12x
Qtd

Sobre Pixote

O Pixote foi formado em 1993 por um grupo de adolescentes que tocava por diversão numa praça de São Paulo, ainda com o nome de Revelação do Samba. Chegou a ficar em segundo lugar em um festival promovido por uma conhecida casa de shows de samba da capital paulista. No começo eram sete os componentes, hoje, são quatro, todos da formação inicial: Dodô no vocal, Du no pandeiro, Thiaguinho nos teclados e Tiola Chocolate no tantan. 

Em 1995, já com o nome definitivo, o Pixote gravou seu primeiro disco, “Brilho de Cristal”, por um selo independente criado por seus integrantes, que, na época, tinham em média 16 anos. A faixa-titulo do álbum de estreia, de Délcio Luiz e Netinho, abriu caminho para outras canções que virariam hits nas rádios de todo o país, como “Idem”, “Franqueza” e “Fissura”. Em seguida viriam ainda “Insegurança”, “Mande um sinal” e “Meu amor”. 

Mas o sucesso não veio de bandeja. Fãs de Zeca Pagodinho, Fundo de Quintal, Martinho da Vila, 14 Bis e Djavan, os meninos batalharam duro em palcos bem menos iluminados: Douglas era atendente do McDonald’s eTiola era vendedor de autopeças.

Na opinião do grupo, os momentos mais marcantes ao longo deste período foi show realizado no CERET-SP para uma audiência de mais de 100 mil pessoas e a apresentação durante a Copa do Mundo de 94, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.